Exportação de soja e milho cresce 54% nos portos do Arco Norte em 2015

Segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as exportações de soja e milho pelos portos do Arco Norte, que compreende as estruturas de Itacoatiara (AM), Santarém e Vila do Conde (PA), Itaqui (MA) e Salvador (BA) totalizaram 20 milhões de toneladas em 2015.

O resultado representa uma alta de 54% em relação ao desempenho de 2014, quando foram exportadas 13 milhões de toneladas dos grãos.

A expectativa é que o crescimento seja ainda maior neste ano. Até o final de março, novos terminais portuários devem entrar em operação. São seis áreas no Pará que passaram por leilões de arrendamento da Secretaria Especial de Portos da Presidência da República. Cinco dessas áreas serão voltadas para a movimentação e armazenamento de grãos e uma para transporte de fertilizantes.

Com esses investimentos, o Arco Norte pode se solidificar como a principal rota de escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste brasileiro. “O que queremos é garantir o investimento e ampliar a movimentação de carga para baratear a operação e gerar competitividade para o setor e para o produto brasileiro”, afirmou Helder Barbalho, ministro da SEP.

Há cinco anos, o Arco Norte era responsável por 8% do escoamento da soja e milho para o mercado externo. Atualmente, é responsável por 20% dos embarques totais dos grãos. Os portos do Norte e Nordeste, por sua posição geográfica estratégica, permitem uma economia de US$ 50 por tonelada exportada.

Notícia completa: https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/33232-portos-do-arco-norte-exportam-volume-54-maior-de-soja-e-milho-em-2015

Author:
LOG
Log CP

NOTÍCIAS RELACIONADAS